PUDIM #semglúten #semleite


O pudim é um preparado que leva três ingredientes básicos: leite, açúcar e ovos.


A consistência do pudim vem da coagulação dos ovos. Tem uma consistência firme e cremosa.


Você que não pode consumir ovos, pode trocar os ovos por amido e/ou gelatina, mas terá uma textura diferente.


Deve ser cozido em banho-maria, para que não ultrapasse 85º de temperatura, e resulte em uma consistência perfeita. Acima dessa temperatura, o ovo coagula e ocorre a separação entre a proteína e o liquido do ovo, causando uma consistência talhada, cheia de furos.


A água não consegue ultrapassar 100 graus de temperatura. Assim, tudo o que for cozido em água, não tem a temperatura elevada, terá um cozimento lento. E o pudim necessita ser cozido lentamente.

Por isso o pudim cozido em banho maria dentro do forno não apresentará a mesma textura pois acabará atingindo temperatura superior, poderá apresentar, inclusive, os furinhos na textura.



Recomenda-se utilizar uma forma de banho maria para pudim, e poderá fazer na chama do fogão, podendo controlar melhor a cocção.

Caso não tenha, utilize uma forma de pudim que caiba dentro de uma panela com tampa e água no fundo, tomando o cuidado para que a água não penetre dentro do pudim, estragando a textura.


RECEITA

Esse pudim de inhame fica com uma textura e sabor semelhamte ao pudim de pão.


Ingredientes

5 ovos

200 gr de açúcar

300 ml leite de inhame

500 gr de creme de inhame

50 gr de coco ralado

150 gr de açúcar para caramelizar a forma



Leite de inhame

o Cozinhe o inhame em água, deixando bem molinho;

o Bata em um mini processador, transformando em um creme;

o Adicione água até deixar na textura de leite.


Creme de inhame:

o cozinhe o inhame até ficar bem molinho;

o Bata em um mini processador, transformando em um creme;

o Não acrescente água.


Modo de fazer o pudim

  • Bata no liquidificador os ovos, açúcar, leite de coco, creme de inhame. No final acrescente o coco ralado;

  • O coco ralado é opcional. Ele formará uma fina camada na base do pudim, proporcionando uma crocancia sutil;

  • Coloque água fria suficiente na panela com tampa. A quantidade de água deve ser suficiente para cerca de 50 minutos no fogo médio. O fogo não deve ficar em nível muito alto para, ao criar as borbulhas da fervura, não penetrar na forma do pudim, estragando a textura;

  • Coloque açúcar na forma do pudim e leve ao fogo para caramelizar;

  • Assim que caramelizar, distribua por toda a forma, untando bem com o caramelo;

  • Coloque a forma de pudim caramelizada ainda quente, na panela com água, de forma que o fundo encoste na água, endurecendo o caramelo (choque térmico). Isso impedirá que o caramelo se misture com a massa do pudim e fará com que a parte externa do pudim fique caramelizada, dando um visual apetitoso;

  • Coloque o pudim batido no liquidificador na forma de pudim caramelizada, tampe e marque 50 minutos em fogo médio;

  • Após 50 minutos, faça o teste da faca: introduza uma faca longa no meio do pudim. Ela deve sair seca, às vezes sai úmida, mas não sai com massa mole. Quando a faca sair sem vestígios de massa mole, o pudim está pronto;

  • Desligue, espere amornar, retire da panela;

  • Ainda morno, desenforme em um pirex;

  • Se deixar esfriar, o pudim gruda no caramelo que está grudado na forma e não desenformará. Será necessário aquecer o fundo da forma para amolecer o caramelo e conseguir desenformar;

  • O pudim fica maravilhoso bem gelado.


BOM APETITE

QUER MAIS DICAS? Tem muita dica, técnica, receitas no livro Panificação sem glúten, sem leite, sem segredos, de Elisabeth Nicolau.

46 visualizações